Monday, August 4, 2008

Passaporte para o Mundo - Parte 1

Na semana passada, recebi fragrâncias para avaliar, que encomendei de uma empresa fabricante de fragrâncias, resultado de um projeto em desenvolvimento para um cliente, cujo briefing eu elababorei.
Ao abrir o frasco e cheirar o óleo, vivenciei algo que até então, só tinha lido a respeito: O olfato, acima de qualquer outro sentido, evoca memórias de um tempo, lugar ou sensação. E realmente, com uma leve respirada lá estava eu dentro de uma loja de departamentos israelense. Viajei nas minhas memórias, e revivi um tempo não muito distante da minha vida. Explico melhor: Morei dez anos naquele país, e logo nos primeiros meses de adaptação eu frequentava um curso de hebraico. Toda vez que eu saía da minha aula, que era dada numa escola, no centro de uma cidade de praia chamada Haifa, passeava pelo mercado, via vitrines, entrava em supermercados, cafés ou em uma loja de departamentos chamada Hamasbir (tipo Lojas Americanas, Rener, C&A). Simplesmente voltei para dentro da loja! Fechei os olhos e revivi na memória um dia específico. O cheiro do óleo de uma das amostras lembrava o cheiro disperso dentro desta loja, combinado com o cheiro de roupas novas em exposição e os cosméticos vendidos no departamento de beleza. Fiquei maravilhada, um pouco confusa... Inspirada neste acontecimento, e pensando nas férias que já terminaram, resolvi escrever um pouco sobre perfumes e destinos. Em cada país o perfume tem um significado e uma importância. Para uns, fragrâncias, óleos perfumados e incensos evocam religião, paz de espírito, meditação. Já em outros, como o Japão, fragrâncias fortes e imponentes são sinônimo de falta de gosto e etiqueta. Em outros cantos do mundo, perfume faz parte do ritual de higiene, em outros é acessório indispensável. Alguns procuram modernidade, outros tradição. Uns austeridade, outros sedução. Seja qual for o destino, sabemos que o clima também influencia o hábito de usar perfumes e a imagem que eles projetam. Pessoas de países de clima quente ou tropical costumam dar preferência a perfumes cítricos, que são mais leves, mais frescos. Já as que moram em climas secos podem carregar mais nos florais. Os europeus gostam muito de perfumes encorpados, por exemplo. Estados Unidos - "The land of the free, the home of the brave". Quando refletimos sobre a cultura americana, as palavras que surgem são simplicidade, objetividade, praticidade e competência. Modernidade e juventude também são imagens que são associadas a este país, vez que a América do Norte é chamada de Novo Mundo. Ecléticos e informais, a América é o império do blue jeans. O país exporta sua cultura através dos filmes, da televisão e da música. Seu símbolo é uma águia - ideal de liberdade e coragem. Em 1946 Estée Lauder fundou sua empresa junto com o marido, para vender um creme que era fabricado pelo seu tio que era químico. Logo a empresa cresceu e tornou-se sinônimo de luxo aliado a inovações tecnológicas. Suas fragrâncias sempre foram associadas a imagem da mulher moderna americana.
White Linen - A atualização de uma fragrância de sucesso, lançada em 1978, floral com um toque moderno. Notas olfativas: Grapefruit, mandarina, mel, rosa chá congelada, pêra, amora, maçã, notas verdes, frésia branca, gengibre, cardamomo, tulipas vermelhas, rosa absoluta, gardênia, tuberosa, jasmim, íris, cedro, patchouli e heliotropina, entre outras. *****A fragrância original - White Linen, recebeu 5 estrelas na avaliação de Luca Turin, em seu novo guia de perfumes - Perfumes - The guide, edição 2008. Classificada como floral aldeídica, reflete segundo o autor, a imagem da americana. Outra fragrância atual com o espírito jovem americano é Tommy Girl de Tommy Hilfiger. A marca surgiu com acessórios e moda para americanos jovens, modernos, bem humorados, vivos e independentes. A linha de fragrâncias é uma das mais vendidas no país. Também ganhadora de 5 estrelas no guia, a fragrância Tommy Girl foi considerada pelo maior crítico do mundo, como o floral perfeito. Projeto desenvolvido por Calice BECKER, é uma fragrância tipicamente americana. Notas olfativas: macieira, cassis, camélia, mandarina, menta, mel, lilás, rosa, magnólia, sândalo e cedro.
Itália - Grazie!
Os italianos são famosos pelo seu bom humor e hospitalidade.
Na Itália, a família é o centro da estrutura social devido ao fato de o país ser Católico.
Muito preocupados com a aparência, os italianos gostam de se vestir bem .É o conceito de Bella Figura - além de vestir- se bem, é necessário saber se portar, ter estilo, auto-confiança.
Por essa razão, a Itália é um dos maiores centros ditadores da moda mundial. Onde tem moda, tem perfume!
Quando falamos em Itália, logo imaginamos ciprestes, limões sicilianos, bergamotas, frescor do mar mediterrâneo etc...
Várias marcas traduzem bem o estilo italiano, mas Acqua di Parma e Santa Maria Novella possuem tradição e qualidade inigualáveis.
A fragrância Iris Nobile da Acqua di parma possui notas olfativas de pétalas de Íris, anis estrelado, mandarina, bergamota, concreto de pétalas de Íris, cedro, água de flor de laranjeira, raízes de Íris, cristais de ambretta e vanilla de Madagascar.
A Santa maria Novella, famosa por fazer perfumes para a Catarina de Médici, vem produzindo perfumes desde o século XIII.
A Acqua di Colonia, fragrância muito voluptuosa e chique, contém notas cítricas, combinadas com notas florais e especiadas.

2 comments:

ploty said...

GOSTEI DE TER A OPORTUNIDADE DE VIAJAR C/ VOCE...
SUGESTÃO: GOSTARIA DE INFORMAÇÕES PQ. AS ORIENTAIS(CHINESAS E JAPONESAS) TEM UMA PELE TÃO BOA.
PLOTY

+ Q PERFUME said...

Querida Ploty,
muito obrigada por participar do meu blog.
Infelizmente este espaço é focado no mundo dos perfumes e não em cosmética.
Sugiro procurar sites especializados.
Sayonara!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...