Saturday, May 1, 2010

Dia do Trabalho - Perfumes no ambiente de trabalho

Outro dia eu estava fazendo um projeto numa empresa. No final do dia entrei no elevador para ir embora. Me deparei com uma moça que literalmente tinha acabado de tomar um banho de Angel (aquele refil de fim de dia para sair para um happy hour). A descida dos sete andares foram suficientes para que eu ficasse com tontura e falta de ar. As pessoas que estavam no elevador estavam extremamente incomodadas com a doçura de Thierry Mugler. Desde aquele dia fiquei com o tema na cabeça: perfumes para trabalhar.
Primeiro de Maio é o Dia do Trabalho. Vamos então aproveitar a data e falar um pouco sobre o uso de fragrâncias no ambiente de trabalho?
Devo usar perfume no trabalho? Como definir que tipo de fragrância usar de acordo com a profissão que exerço? Essas são perguntas que geram polêmica e até ações judiciais (como algumas que estão correndo nas cortes americanas e canadenses), mas vamos tentar delinear aqui algumas diretrizes básicas:
Em primeiro lugar vamos assumir que você trabalha numa empresa com outras pessoas. Já pelo fato de você não estar sozinha (o), o uso de perfumes deve ser muito bem pensado para que você não acabe interferindo de maneira negativa no espaço das outras pessoas. Rinite alérgica, falta de ar, enjôo, dor de cabeça, irritabilidade e falta de concentração devido aos perfumes é muito comum. Procure saber se as pessoas que estão a sua volta não sofrem desses sintomas. Afinal, você pode estar prejudicando a saúde e a performance de seus colegas. Evite reclamações a seu respeito, principalmente se ela vier da(o) chefe! Já imaginou?
Então, antes de começar em um trabalho novo fique atenta (o) para seguinte:
Qual é o código de conduta dos empregados da empresa e qual é o código de vestimenta. Caso não haja nada escrito sobre o uso de perfumes, pergunte. Assim como falar alto pelos corredores, usar micro saias, ligar rádio bem alto, fofocar no telefone é geralmente proibido, usar perfumes extremamente marcantes provavelmente também não serão aceitos.
Jamais traga sprays de ambiente para dispersar numa sala onde outras pessoas trabalham com você. Regra número um - quem faz a limpeza do escritório é a empresa ou os funcionários da limpeza. Você não!
Enfermeiras (os) não devem usar perfume ou desodorantes marcantes. Existe uma linha própria sem fragrância para elas (eles). O contato com os pacientes deve estar totalmente livre de odores e fragrâncias. Veterinários e pessoas que trabalham com animais - nada de perfumes, pois o olfato dos bichos é muito mais sensível que o nosso.
Os dentistas, dermatologistas e oculistas também deveriam seguir a regra, por estarem muito próximos de seus pacientes ao examiná-los. Ginecologistas e obstetras devem seguir o mesmo padrão de conduta, uma vez que lidam com mulheres grávidas.
Se você trabalha com alimentos, principalmente em lojas de chocolates, pães e salgadinhos, restaurantes, não use perfume. Ele atrapalha o olfato do cliente. O aroma dos produtos vendidos é essencial para a apresentação e venda deles. Portanto, a empresa não verá com bons olhos a "concorrência".
Professores de academia de ginástica, esportistas em geral - use somente um desodorante muito bom! Nada de perfume para vocês!
Bom, abordamos casos em que o perfume deve ser excluído. Agora vamos falar de pessoas que podem usar perfume no trabalho. Qual é o mais indicado e para qual profissão. Não vou fazer uma lista de nomes de perfumes, mas dar dicas e informações para que você possa acertar na sua escolha.
Se você trabalha em escritório de advocacia como advogada (o), jamais use perfumes marcantes, sensuais, para uso noturno, ou de muita difusão. Seja discreta (o) e austera (o). Perfumes mais clássicos, mais elegantes e austeros passam o ar de confiança e credibilidade.
Já na publicidade, vale a pena investir em perfumes criativos, modernos e dinâmicos. Perfumaria de nicho é muito bem vinda! Mas preste atenção na sua carteira de clientes! Caso sejam empresas muito tradicionais - use a regra do escritório de advocacia.
Para os médicos - que sempre estão perfumados - fragrâncias frescas ou aquáticas. Leveza e pureza trazem um up e não incomodam tanto os pacientes. Nada de Fahrenheit da Dior no consultório por favor!!
Se você está no ramo do entretenimento e deve sempre aparecer - use e abuse de perfumes marcantes, mas cuidado com os perfumes muito sensuais, a não ser que você está no ramo da pornografia...
Para as pessoas que trabalham com decoração e moda - fique antenado nas tendências e procure usar perfumes que são atuais e estão na moda - afinal, você vive disso!
Para os executivos e mercado financeiro - muita discreção, pouca difusão! Invista em um perfume discreto e CARO - Sua imagem de sucesso reflete o seu desempenho profissional, cuide dele.
Psicólogos e psiquiatras devem tomar muito cuidado com o perfume que usam. Perfumes trazem mensagens subconscientes, criam novas atmosferas e realidades - são muito sujestivos e estimulam a imaginação.
Para vendedores - se você trabalha em loja de roupas que possui venda de perfume - use o da marca da loja. Para os vendedores em geral - use um perfume bacana, mas que não tire a pessoa do foco da venda. Use a regra de perfumes no ambiente de trabalho que dei acima.
Jornalistas e pessoas que possuem trabalhos estressantes - procure fragrâncias energizantes, dinâmicas.
Professores - perfumes são bem vindos, mas não exagere na dose - é muito desagradável o impacto de perfume forte logo cedinho!
Para o pessoal da balada e promotores de casa noturnas - perfumes da noite, com glamour, misteriosos e sensuais. Vale de tudo!
No geral, procure saber sobre as notas que compõem o perfume:
Notas frescas - cítricos, pepino, verdes, aromáticos, marinhos e aquáticos.
Notas sensuais - jasmim, rosa, ylang ylang, sândalo, madeiras, musks, café, tabaco - notas animais e especiaria em geral.
Notas misteriosas - dama da noite, orquídea negra, incenso, olíbano, mirra, artemísia, mandrágora, absinto, notas de bebida no geral.
Notas doces - frutas, florais intensos, gourmets - caramelo, açúcar, baunilha, vanilla, tonka, chocolate, mel, bala.
Notas modernas - metal, roupa lavada, minerais, borracha.
Notas austeras - cedro, vetiver, couro, tabaco, âmbar, talco (combinadas).
Notas energizantes - gengibre, papiro, cítricos (principalmente laranja), menta, hortelã, champanhe, grapefruit, alecrim, notas de bebida, especiarias.
Notas relaxantes - baunilha, lavanda, verbena, camomila, madeiras mornas, leite.
Caso você ainda esteja na dúvida, faça sua pergunta aqui, sob forma de comentário, que eu te ajudarei a escolher ou saber mais sobre o perfume que você usa.
Bom feriado!

5 comments:

Helen Fernanda said...

Gostei do post. Sou web jornalista dentro de uma agência de publicidade e não me relaciono com clientes, então tenho bastante liberdade no uso de perfumes. Acabo escolhendo de acordo com meu humor mesmo. :)

Angel no elevador ninguém merece!

AK said...

Ola Simone,
Uma amiga me indicou um perfume cujas notas estao classificadas como tobaco spices.Como não conheço, gostaria de saber se voce pode me definir que tipo de perfume é este.(ele é masculino, mas minha amiga disse que ela adora e acha que uma mulher pode usar sem problemas).
Super obrigada!!

Anonymous said...

olá, Simone Shitrit, primeiramente amo perfumes e este blog é um bom trabalho. Pois bem, trabalho numa farmácia comercial, que perfume você recomenda, um para médicos, já que eu atendo pacientes também, ou algum para quem trabalha com vendas?

+ Q Perfume Blog said...

Então querida, neste artigo já dei a dica:

Para os médicos - que sempre estão perfumados - fragrâncias frescas ou aquáticas. Leveza e pureza trazem um up e não incomodam tanto os pacientes. Nada de Fahrenheit da Dior no consultório por favor!!

Serve para vc também. No contato com muito público é sempre melhor uma cisa mais discreta, menos impactante. Farmácia já possui muitos produtos com fragrância aplicada, cuidado para não ficar intoxicada. Eu sugiro até uma body lotion perfumada e nada de perfume. Senão uma aguinha de colônia. Se vc não consegue - perfume bem fresco de concentração EDT

+ Q Perfume Blog said...

Bom, a nota de tabaco, como o prórpio nome indica tem cheiro de tabaco - o da folha. Mas alguns perfumes lembram charuto mesmo. Se vc não gosta do cheiro de charuto ou de fumaça, não irá gostar desta nota - ela tente a ser masculina mas é usada em perfumes femininos também. Especiadas são as notas compostas por especiarias tipo canela, nós moscada, pimenta preta, branca, rosa, etc... Elas dão um toque mais marcante na fragrância ou um toque sensual ou exótico. São muito usadas em perfumes orientais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...