Sunday, May 31, 2009

The One for Men: assumindo o comando!

Avaliação feita por Moisés Lara, criador e editor do blog IN PERFUMO VERITAS

Moisés será meu único colaborador com artigos sobre perfumes masculinos.

Ele é além de charmoso, um extremo conhecedor de fragrâncias, com um senso crítico apuradíssimo e antenado em tudo que acontece no mundo das fragrâncias.

Adoro os artigos que ele publica e por isso fiz o convite.

Já na primeira publicação fiquei encantada.

Espero que vocês curtam aqui meu novo amigo sulista & amante de fragrâncias!
"O meu primeiro contanto com The One, foi puramente acidental. Eu estava procurando por outro perfume quando, por acaso me deparei com esse frasco de linhas retas, laterais espessas e tampa retangular imitando madeira.

O frasco é massivo e elegante, mas nada muito excepcional, a sensação é de mais um déjà-vu. Entretanto, a fragrância é extraordinária, tem um ar clássico, mas é inovadora: oriental, amadeirada e levemente especiada. Uma das poucas fragrâncias que encantam do início ao fim.

The One é um perfume que sobe à cabeça. Seus acordes iniciais exalam o frescor de toranja e manjericão, pontuados por uma nota mais picante de coentro amenizada pelo cardamomo. Tornam-se quase frutados e florais, o que dá ao perfume um toque feminino, necessário para provocar o subconsciente, aguçar os instintos e despertar toda a virilidade latente.

O corpo apresenta um delicioso acorde de flor de laranjeira e gengibre, agregando suavidade e calor a essa composição. É um perfume sério, quase formal, mas ao mesmo tempo inspira leveza e liberdade. É como dirigir um potente cabriolet, trajando paletó e gravata. Tem-se a sensação de ser o chefe, de estar no comando!

The One é como fugir do trânsito caótico e cair na estrada, admirando os últimos raios de sol no fim da tarde, deixando para trás o barulho da cidade e no retrovisor apenas a atmosfera densa e acinzentada pela poluição.

As notas secas e amadeiradas do cedro realçam a beleza da estrada. A sensualidade do âmbar e as notas enfumaçadas do tabaco fundem-se com o cheiro da terra e da vegetação.

Quando “pisa”, o motor responde: rumo à aventura e ao desconhecido. Ouve-se o potente som do motor e sente-se o vento batendo no rosto.

The One é assim, transmite autoconfiança, poder e sensualidade, os ingredientes que fazem o homem sentir-se único!"

3 comments:

Elisabeth said...

Oi Simone e Moisés. Belo artigo!
A presença de Moisés,que é meu conterrâneo na sulista Curitiba ,adicionou mais beleza e informação à este lindo blog.
Excelente parceria!
E prova de que estamos antenados na mesma sintonia foi a feliz coincidência de trabalharmos no mesmo perfume(um masculino e outro feminino)simultãneamente.
Se combinássemos não acertaríamos tanto! Beijocas

Luciana said...

Olá Moisés e Simone. Faço minhas as palavras da Beth, excelente parceria, excelente resenha também...adorei. É muito bom encontrar informações sobre perfumes com esse nível elevadíssimo de qualidade!
Beijos!

Moisés Lara said...

Oi, Elisabeth e Luciana,
obrigado pelos elogios.
Estou feliz em participar desse maravilhoso blog de nossa amiga Simone.
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...